sexta-feira, janeiro 24, 2020
Dica Terapêutica

Porque se tornar consciente?

36views

Nº11 |Para Refletir | Eric Pereira

Muitas pessoas me perguntam porque falo tanto em nos tornarmos pessoas “conscientes” e hoje vou explicar de uma maneira mais detalhada a importância de trazer para cima da mesa o que está guardado em baixo e uma frase que gosto imenso do Jung é:

“Até você se tornar consciente, o inconsciente irá dirigir sua vida e você vai chamá-lo de destino”

E se não for pedir muito, eu gostaria que você lesse mais duas vezes a curta e poderosa frase acima, pois ela diz muito e de uma maneira objetiva. Nestes meus 21 anos como hipnoterapeuta, aprendi que quase 100% das pessoas que eu atendi falavam de suas queixas emocionais, expunham a sua dor, repetiam muitas vezes os “famosos diagnósticos” médicos, vomitavam suas crenças sem nenhuma consciência e depois quando trabalhávamos de maneira mais profunda (Em transe), elas aos poucos iam compreendendo que a grande solução era (reprogramar) a mente, era tomar consciência do que estava ali, muitas vezes escondidinho no inconsciente.

Sempre gostei de dizer aos meus clientes que nosso maior trabalho seria, tirar de baixo da mesa, colocarmos em cima e depois juntos olharmos para tudo aquilo e compreendermos os “porquês” e “para quês”.
Amo a complexidade do meu trabalho da mesma maneira que amo quando pego aquele monte de fios emaranhados e cheios de nós (no inconsciente) e vou puxando as pontas e desenrolando as partes (o trabalho) e vamos compreendendo quando os fios foram se enrolando e se perdendo (regressão / hipnose) e depois quando vamos compreendendo, quando vamos ganhando clarificação (o processo) e amo mais ainda quando o cliente se ilumina e tudo começa a fazer sentido e ele na maioria das vezes diz: “Agora entendo o porquê disso….” E ele vai percebendo como tudo está interligado (resultado).
Ganhar consciência é olhar com as “lentas certas”, é para mim, você abandonar as urgências, a necessidade incontrolável muitas vezes de aparecer e de querer a qualquer custo e conseguir entre uma tranquila respiração e outra observar os fatos sem drama, sem ansiedade, sem medos. É algumas vezes ter a firme decisão de dormir sobre o travesseiro e decidir amanhã, longe dos impulsos, é acima de tudo conseguir enxergar o cenário maior e enxergar além do ponto, vendo os outros pontos e acreditando que se pode manter o equilíbrio.

Quanto mais eu me torno consciente, mais eu sinto que a minha vida é boa e mesmo quando me sinto dentro de situações complexas, estranhas, estando consciente eu penso melhor, eu me entrego à crença de que tudo ficará bem, eu escolho não nutrir a ansiedade e o medo e foco “no cenário” e resolvo sem sofrimento.
A grande palavra deste texto, depois da “consciência” é claro é sem nenhuma dúvida, “sofrimento” e digo isso, pois tudo que queremos é não viver em sofrimento e ao longo dos anos isso tem parecido um fato impossível, pois as pessoas sofrem e sofrem e cada vez mais estão mergulhadas em pequenos ou gigantescos sofrimentos e digo, sem medo de estar aqui cometendo algum erro, que a resposta central para diminuir ou quem sabe até eliminar tais sofrimentos é estarmos mais conscientes, é estarmos presentes neste exato momento da nossa vida!

Vou confessar algo – Muitas vezes e isso se passou neste segundo, eu gosto de sentir meus pés no chão! Fecho os olhos no meio dos meus textos e tomo uma ou duas respirações um pouco mais profundas, mexo bem devagar meu pescoço e as vezes olhos para as minhas mãos e neste micro segundo, sinto-me aqui, neste exato momento e “no meu caso”, gosto de estar consciente para o que estou fazendo e para o “como” estou fazendo e gosto imensoooo disso, pois acredito que quando faço isso e normalmente com um leve sorriso no rosto, envio a mensagem para a minha mente sábia que está tudo certo, que estou onde desejo estar e principalmente fazendo o que gosto de fazer que é escrever, que é compartilhar, que é acima de tudo ajudar as pessoas a transformarem verdadeiramente suas vidas.

Espero que você que me lê possa a cada dia ganhar consciência e se quiser a minha ajuda, siga a minha página, venha aqui diariamente, pois sempre coloco vídeos e artigos como este para lhe ajudar a pensar, a compreender e a estar cada vez mais presente em sua vida.

Se gosta de ouvir, também pode baixar no seu celular o “telegram” e depois na busca e digite #podcast365 e me siga por lá! Todos os dias lanço um podcast com uma ideia inspiradora, com o propósito de ajudá-lo a se conhecer um pouco mais.

Hoje eu fico por aqui e lembre-se que o segredo é sempre silenciar a mente, esperar um pouquinho e acreditar! E tudo isso, é claro, conscientemente.

Até amanhã,

Share

Comente

comments