Em uma conversa esta semana com uma cliente, ela em um tom um pouco bravo me disse que os seus problemas não se resolveriam se ela meditasse ou lesse algumas páginas de um livro idiota, que ela queria algo mais real! (Pausa aqui).
Quero que saiba que todas as vezes que falo de algum caso terapêutico, além de não citar o nome da cliente, sempre o faço com autorização e achei que este seria um excelente texto para abordar aqui e se ficar comigo entenderá porquê e acredito que iluminará os seus pensamentos e quem sabe ações.
A cliente ficou brava quando falei sobre meditar todas as manhãs, porque enxergou isso como se eu tivesse apontando a meditação como a solução de seus problemas e não compreendeu o contexto, até porque acho que especificamente naquela consulta, ela nem queria “me ouvir”, ela queria era falar, desabafar, “vomitar” a sua angústia e eu a compreendo.
Eu particularmente NUNCA achei que a meditação fosse o segredo, a grande solução, muito menos a única “atenção aqui”, porém acredito imensamente que ela seja um dos caminhos para ajustarmos tudo o que de alguma forma está desajustado dentro de nós! Na minha experiência, a meditação acalma, organiza e desacelera e se tem algo que eu nestes quase 22 anos de experiência aprendi é que nunca se trata de uma técnica e ponto final. Trata-se sempre de um conjunto de movimentos que quando bem orquestrados o resultado é harmónico! (Ficou bonito isso, né?), eu gostei.
Claro que existirá quem defenda que a meditação só já seja o suficiente e pode ser verdade, porém não tenho autoridade para falar sobre nesta dimensão, porém afirmo sem medo de errar que disponibilizar um horário para fechar os olhos e fazer um mergulho é sem nenhuma dúvida uma grande resposta. E sabe que aqui pensando, acredito que muitas pessoas não gostam pois acham até que o facto de meditar, parece que precisa de pré-requisitos, posições ou quem sabe até ideais indianos ou budistas e não se trata nem de perto disso.
Lembro de quando sentia uma ansiedade gigantesca e fazia tantas coisas ao mesmo tempo que acabava não fazendo nada (sim! Triste, mas verdadeiro) e hoje acredito que o meditar quase todas as manhãs me ajudou a desacelerar e trabalhar com outro tempo… O tempo onde as coisas vão acontecendo, afinal a vida não acontece! Ela vai acontecendo (frase que tenho usado muito)! Rsss.
Consegui (e fico feliz por isso), que a minha cliente compreendesse que nunca foi sobre apenas meditar ou ler (no caso dela) 5 páginas de um livro por dia, isso era apenas alguns exercícios que acreditei que ela precisasse naquele dia e hoje decidi falar sobre isso, pois recebi uma mensagem que dizia:
“Ainda não cheguei lá, mas compreendi a importância disso e no 6º dias meditando sinto algo que nem sei explicar, porém é tão bom”
Interessante, né? No mínimo curioso! E ela é um dos mais de 100 casos que já orientei, em que dentro do processo acrescentámos a meditação e funcionou lindamente e somou imenso no nosso processo terapêutico, por isso vou aproveitar para ir um pouco mais fundo e quem sabe enriquecer este texto. Vejo muitas vezes as pessoas cometerem o “grave erro”, na minha opinião, de focarem apenas em um processo, como se fosse o salvador de tudo e cada vez mais fico convencido que tudo se trata de um conjunto de ações e só assim podemos alcançar um resultado satisfatório, compreende?
Não se trata de pensar positivo e ponto! Se trata de pensar positivo, de ter ações positivas, de sentir este “positivismo” vibrando dentro e que as suas ações sejam positivas e mesmo assim ainda acrescentaria que para tudo correr bem, precisará de estratégia, ajustes, com absoluta certeza de descanso, de paciência…. Entende onde quero chegar?
É um processo… O segredo pode não ser meditar! Porém é um “dos” ingredientes fundamentais para que, combinado com outros, se torne aquilo que realmente deseje para que tudo dê certo!
Cabe uma última e importante dica? Por favor, não trate tudo em sua vida, como “urgente”, pois a maioria das coisas não são e a urgência está apenas em sua cabeça. Entende que pode fazer o melhor em cada processo e depois precisa entregar para que o tempo faça a sua parte! Nenhuma semente acordou árvore.
Se gostou comente aí, compartilhe!
Até à próxima,

Comente

comments