O MUNDO ESTÁ ACABANDO OU VOCÊ ESTÁ MAIS ATENTO?

0
387

“Um vírus mortal faz milhares de vítimas em todo o mundo, terremotos, tornados destroem casas, nuvem de gafanhotos rumo ao Brasil, a peste negra está na china, o clima está mudando e o racismo nunca foi tão evidente como agora”

Vou iniciar este dizendo que não sou um perito em política (nem de perto), nunca estudei as mudanças climáticas e entendo menos ainda sobre catástrofes, porém gosto muito de acreditar que sou inteligente (só um pouquinho) e que todas as minhas habilidades como terapeuta me fazem enxergar por ângulos diferentes o que acontece (também só um pouquinho) e isso aumenta imenso o meu processo de reflexão. Durante o isolamento muitos sentimentos tomaram conta de mim “até” eu conseguir, já no finalzinho, perceber algo que compartilho agora com você.

Eu acho (e só acho) que o mundo sempre sofreu de imensos problemas! Peraí, deixa me esforçar mais para melhorar esta frase, pois quero que compreenda desde do início – Eu acredito que o mundo sempre passou por sérios problemas e de alguma maneira todos nós estávamos muito distraídos vivendo as nossas vidas ou a vida das outras pessoas (desculpe, não resisti rss) e não tínhamos muito tempo para enxergar tudo isso ou quem sabe não queríamos e vou ainda mais além, “inconscientemente” pode ser que nem nos importávamos.

Anos e anos e muitos anos que as coisas sempre aconteceram e mexeram com todo o planeta, porém agora (não sei o porquê) um vírus, mais forte e mortal chegou e realmente se espalhou e só neste momento descobri “ou” prestei atenção à palavra “pandemia”, a mídia criou as notícias, cada vez priores e estávamos todos diante do desconhecido, era necessário usar máscaras, álcool gel, lavar mais as mãos, higienizar tudo e se afastarmos das pessoas…uauuu quanta coisa tínhamos que fazer para tentarmos sobreviver e infelizmente como ninguém sabia muito sobre, muitos morreram.

Ainda não se sabe muito, mas o que sei (pelo menos acho que sei) é que foi instalado o CAOS! O medo, como na maioria das vezes foi implantado na cabeça de todos nós e os aproveitadores, aproveitaram… Para falar da volta de Jesus, para falarem do fim dos tempos, para pegarem os seus produtos embalarem, colocarem laço e venderem por um preço maior, políticos aproveitaram para discursar sobre, para atacarem, para aumentarem as dúvidas, fortalecerem o caos e quem nada sabia (como eu), continuou sem saber!

Teve um momento que cheguei para a minha esposa e disse – “Chega! Precisamos parar de ver notícias, pois estamos “nos contaminando” mais do que se tivéssemos pegado este vírus” pois já ficamos com falta de ar, pelo simples facto de ver a mídia explorando estas mortes (e sim, eu disse explorando), pois pelo menos aqui “na nossa televisão” eles mostravam 10 vezes ao dia covas sendo abertas, pessoas morrendo, um dia a OMS falava de uma história e no outro a história era diferente e cada presidente de cada país lutava com as “armas” que tinha, ok! Apenas nunca soube se estavam disparando MESMO para terminar com o caos ou era para “aproveitar” a situação e atacar seus oponentes.

Eu acredito que muitos de nós temos um bom coração e isso faz com que enxerguemos apenas o que parece óbvio, real e não o que está mesmo acontecendo… Eles nos preparam para vermos o show no palco, mas a maioria não compreende que antes das cortinas subirem e o show iniciar “nos bastidores” muitos acordos foram feitos, muitas coisas ainda estão sendo controladas e antes que me pergunte “o porquê disso?” Digo – Não faço a menor ideia, mas a sensação que tenho é que isso sempre foi assim e convido você para dobrar a sua atenção aqui.

Quantas pessoas morreram já de gripe? Da gripe H1N1? Quantas pessoas morrem por dia de câncer, ou pior que isso – quantas pessoas no mundo morrem de fome? Não estou aqui dizendo que o covid-19 não é algo sério e que merece nosso cuidado e máxima atenção, por favor não é isso! É apenas uma reflexão, pois isso está evidente no planeta e ganhou a atenção mundial por ser algo desconhecido e ter se espalhado tanto, mas a fome mata milhares de crianças no mundo e nem precisávamos de buscar uma vacina e mesmo assim um pequeno grupo de pessoas ajuda, enquanto todos os outros estão distraídos demais com suas vidas para olhar para uma criança na Somália. Entende onde quero chegar aqui?

Outro dia o meu filho estava chateado por não poder sair para comer um belo hambúrguer de 26€ e tenho absoluta certeza de que em algum lugar do mundo algumas crianças comeriam com estes 26€ e não serei aqui hipócrita, pois também nunca fiz nada de tão especial para ajudá-las, mas agora penso nisso e quem sabe em breve começo a fazer! Espero mesmo que sim.

Leio muitas pessoas escreverem sobre a mudança que o mundo está tendo e sobre o novo começo, ouço besteiras e coisas muito interessantes e não vou julgar ninguém aqui, pois nesta fase estou é construindo as minhas próprias ideias, porém se observar com mais atenção (e nem precisa de tanta), uma coisa fica muito clara – Estávamos demasiadamente distraídos e não percebíamos quanto “caos” existe no planeta e quanta desgraça acontece o tempo todo….Talvez em uma escala menor, quem sabe maior, mas acontece a todo instante…

Na minha humilde opinião, o mundo não está acabando agora por causa do corona, não acho que se trata do aviso final, acho sinceramente que ele sempre esteve acabando, como a nossa vida! Começamos a morrer quando nascemos! Rsss! No imediato momento que viemos a este mundo um cronómetro invisível é ligado e assim todos os dias vamos morrendo um pouquinho, compreende o que estou dizendo aqui? Sim ou não? Eu acho (e só acho) que este vírus e este isolamento nos “forçou” a parar e isso fez com que prestássemos mais atenção no planeta, em nosso dia a dia, em nossas ações.
Atendo todos os dias pessoas em sessões online de Hipnoterapia e Coaching e uma coisa curiosa é que durante a quarentena eu estava com 76 clientes em atendimento e apenas 12 deles quiseram continuar (minhas sessões são online) e a maioria se sentiu perdida e ok, perfeitamente normal, porém a maioria das pessoas aos poucos foi retornando, a maioria após isolamento e fui ouvindo-as e sabe o que a maioria tinha em comum? Elas descobriram coisas….

Algumas perceberam como não suportavam estar com seus filhos, outras reclamavam do casamento (a maioria), outras sentiram-se presas e algumas (poucas) aproveitaram para fazer pequenas mudanças em casa, nos hábitos e ao ouvir tantas experiências diferentes, confesso que foi sim interessante e aos poucos durante o nosso processo terapêuticos, todas elas perceberam que estes “incómodos” sempre existiram, apenas elas estavam distraídas demais para enxergar e a mesma coisa é com o mundo! Olhamos as desgraças, sentimos muito e no dia seguinte continuamos a vida e nos envolvemos com a nossa vida e esquecemos a “desgraça” que vimos no telejornal há dois dias atrás.

Pode achar que estou aqui falando besteiras e sim, posso estar (apesar de achar que não)

– Agora a pergunta que 1 milhão de euros aqui é porque estou falando sobre tudo isso? Para que você possa, quem sabe, finalmente tomar consciência de que a vida não nos oferece nenhuma garantia e que a “realidade” é um produto de luxo construído pelas nossas habilidosas mentes, então se olhar com mais atenção para a sua vida, se observar com mais carinhos seus pensamentos, pode “talvez”, quem sabe, compreender que podemos mais, muito mais do que achamos que podemos!

Podemos ser melhor pessoas, julgar menos os outros e suas ações. Podemos ser mais felizes com muito menos e durante este isolamento, ficou muito claro que a maioria das coisas que eu comprei eu mal usei, que não precisava de tudo isso para viver e que as coisas que realmente importavam estavam sempre à minha disposição! Atenção aqui que não quero que deixe de ter, por favor, não! Quero é que perceba a beleza de ser! E as duas coisas podem funcionar muito bem aí dentro de você, desde que esteja atento ao “sentir”. Poxa vida, o mundo tem estado um caos (maior que antes), devido aos últimos acontecimentos e pra mim fica muito evidente o recado de que devemos estar mais atentos a nós, aos nossos, às pessoas que amamos, às nossas ações.

Tenho feito o possível para diminuir as minhas distrações e quando digo “distrações”, não estou falando que às vezes não podemos ver uma série, um bom filme ou perdermos a hora numa quarta-feira qualquer – Estou me referindo a estarmos demasiadamente distraídos, focados, por exemplo, nas notícias que insistem em anunciar o caos (que eles querem mostrar), e estarmos distraídos trabalhando 18 horas por dia, alucinados para ganhar mais alguns euros e depois passarmos as horas que sobram doentes, cansados, exaustos e não respeitarmos o nosso corpo! É insistirmos em nos distrairmos com a vida de outras pessoas, acreditando que elas vêem melhor, que elas é que são felizes, que elas é que têm sorte, enquanto nós pobres mortais estamos fadados ao fracasso e enquanto isso, não focamos em sermos nós mesmos em vivermos a nossa vida.

Sei que muitas pessoas pensam muitas coisas de mim e que bom para elas, mas a verdade é que na maioria das vezes sou feliz como sou, com gostos simples, com brincadeiras com a minha esposa, com risadas, sou feliz muitasssss vezesssss caminhando em um bosque que tem aqui ao lado de casa, olhando as árvores e ouvindo os pássaros, sou feliz aqui, neste micro segundo (6:15h), escrevendo este artigo e bebendo meu cortado, cremoso e delicioso….rsss!

Eu gosto de acreditar que o mundo não está acabando e sim, nós estamos mais atentos, pois estamos com medo e infelizmente as desgraças, o negativo ganha força muito rápido nas nossas vidas! Os jornais de todo o mundo noticiaram mais mortes do que pessoas que superaram a doença! Eu queria ligar o telejornal e ouvir pessoas que falassem sobre superação, sobre fé, sobre acreditar, sobre virar o jogo e infelizmente não vejo! (triste isso, não?)

Outro dia em um grupo de Mentoring, um dos meus mentorados ficou chateado porque ele “insistia” em falar sobre as desgraças e eu interrompia falando das coisas boas e ele percebeu e me questionou e ri, caramba!

O mundo está ficando chato demais! As pessoas só falam de coisas ruins, será que podemos começar a enxergar outros lados da história?! Será que podemos deixar de ver apenas o que estão nos induzindo a ver e podemos olhar com mais amor para as nossas vidas e depois para as outras vidas de todo o planeta?!

Enfim, queria apenas levá-lo a pensar um pouco fora da caixa! O mundo sempre esteve nesta espécie de “caos” e muito disso é por nossas ações, nossa ganância, nossas armas destruidoras e sei lá se vai piorar, se vai melhorar ou o que realmente vai acontecer, mas uma coisa é certa como 2 + 2 são 4 – Cuide da sua vida! Aumente a sua atenção nos seus pensamentos, pois é possível que em algum momento eles virem palavras e quem sabe algumas destas palavras se tornem ação e penso que a esta altura já sabe que estas ações se transformaram em resultados (Isso é claro), agora se serão resultados positivos ou negativos, tudo dependerá do nascimento de tudo…. Lá “ainda” no pensar…. Na maneira como pensamos.

Espero que tenha sido útil e agradável esta viagem aqui hoje e por favor, deixe o seu comentário aqui em baixo do artigo! Adoraria saber a sua opinião.

Abraços Hipnóticos e até o próximo,

Eric Pereira
Fundador do Instituto Ponto de Equilíbrio
Coach e Hipnoterapeuta
WhatsApp +351 912607888

Comente

comments