domingo, dezembro 15, 2019
Artigos

menos é MAIS.

430views

Nos últimos anos tenho escolhido um tema para fazer sentido durante todo o meu ano e iniciei 2019 com a ideia de “menos é MAIS” e como um mantra, no mínimo uma vez por dia repito esta frase em voz alta e sinceramente às vezes repito dezenas de vezes e tudo depende dos pensamentos que estou tendo, das ações que estou propenso a ter e isso deve-se ao facto de durante muitos anos agir por impulso e acabar cometendo alguns erros que depois me custa tantooooo corrigi-los.

Na foto da capa estou ministrando uma palestra na Ilha da madeira, onde falo muito sobre a importância de fazermos menos e recebermos mais de maneira natural, tranquila e diária, como um hábito “saudável” é claro!

Tudo que torna a minha vida complexa, evito, me afasto, respiro fundo e fujo como o “diabo foge da cruz”, pois pra mim está mais do que claro que não precisa ser complicado para ser real, verdadeiro e eficaz. Prova disso é a profissão em que estou mergulhado há mais de 20 anos! Antigamente as pessoas acreditavam que para curar uma ferida emocional precisavam passar anos em consultas com um psicólogo ou psicanalista e hoje sabemos que muitas questões podem ser resolvidas em questão de minutos com a programação neurolinguistica ou hipnoterapia.

O visionário Jack Trout disse uma vez “A complexidade não deve ser admirada”

Deve ser evitada” e para mim isso não se trata de mais uma daquelas frases prontas e sim um belo mantra a ser recitado com respeito diariamente.

Quando observo um dos meus alunos ou clientes em consultório descrevendo as suas vidas complexas e chatas, logo me pergunto: Mas porquêêêê? E cada um deles, à medida que vamos avançando, me traz um motivo – Alguns aprenderam no seio do seu lar que tudo é muito difícil, complexo e apenas repetem padrões, outros “compraram” a ideia de que precisam conquistar tudo com luta, dificuldade e o que vem fácil, vai fácil e com a crença pré estabelecida de ganhar a vida com unhas e dentes, fazem de suas vidas verdadeiras lutas para mostrar a outras pessoas como elas são capazes de conseguir o que a maioria não consegue.

É muito interessante estar com pessoas diferentes com as mesmas questões, pois todas elas revelam maneiras diferentes de justificar as suas ações e na maioria das vezes as suas crenças estão ligadas com a maneira como foram educadas. E não estou aqui para dizer que foram educadas de maneira errada ou de maneira certa, ok? Apenas para esclarecer pontos de vista diferentes que cada uma delas utiliza para justificar o motivo por que as suas vidas são complexas.

Eu já do lado de cá, tendo um doutoramento em complexidade múltipla (Adorei isso), me perdi imensas vezes na vida e depois de anos exercendo estas complexidades, principalmente para que a minha família me desse mais valor (Grande ilusão), hoje procuro me afastar de tudo o que seja difícil, complexo e estranho! Não significa que eu (FUJA) de desafios, ok? Adoro um bom desafio! Significa que eu busco maneiras diferentes de o fazer e sempre encontro caminhos mais confortáveis que me levam ao mesmo resultado.

Concordo plenamente com Trout e não admiro de maneira nenhuma a ideia da complexidade e se você que me lê fizer uma análise mais profunda sobre este tema, logo compreenderá que a vida é mais engraçada quando a vivemos e não quando fazemos dela um verdadeiro campo de batalha.

No Brasil usamos muito expressões como “matar um leão por dia”, “hora de ir para a batalha, pois a guerra será dura esta semana” e quando lembro de frases como estas que inclusive euzinho repetia muito, fico mesmo pensando que tais programações são completamente desnecessárias na nossa vida, não?!

Me explica por favor, porque preciso mandar uma mensagem para a minha mente inconsciente que a minha vida é um campo de guerra? Pára tudo por alguns segundos e agora me diz como é realmente um campo de batalha? Pessoas se matando umas às outras, sangue, suspense, terror…. Será que quero mesmo ter esta ideia de vida diária?

Como é matar um leão por dia? Já pensou nisso? Pra mim a imagem mais clara que vem é de viver em perigo, com medo e com uma enorme dificuldade, pois não deve ser fácil assim matar um leão, então não deve ser nada fácil a minha vida, né?

Pode até achar que são só palavras e rir deste meu texto, mas acredite em mim quando eu digo que não são apenas palavras… São poderosas palavras que quando você diz, quem as escuta primeiro é você, pois os seus ouvidos estão bem pertinho da sua boca, né? E na sequência ou imediatamente estas mesmas palavras vão para a sua mente inconsciente e depois ou imediatamente vibram como ondas de rádio e se espalham entre vocês, os seus até o Universo e depois de um tempo uma pessoa que age assim, nesta frequência não compreende porque a vida dela é tão difícil. (Rindo só um pouco).

Por favor, preste um pouco mais de atenção na sua vida, na sua maneira de ser, nos seus pensamentos, ações, diálogos internos! Somos aquilo que repetidamente pensamos e fazemos e pode até “ignorar” isso por um tempo e está tudo certo, mas jamais conseguirá ignorar o facto de que muitas pessoas vivem felizes e fazem bem menos que você, pois elas vivem dentro da lei de “menos é MAIS”, elas em algum momento decidiram deixar de lado tudo aquilo que não fazia muito sentido ou interferiam no seus sistema de vida.

Junte-se ao clube dos que abandonaram a complexidade para viver melhor e “se” quer fazer parte deste clube escreve ai embaixo EUUUU e depois compartilha este!!!

Share

Comente

comments