sexta-feira, novembro 22, 2019
ArtigosDestaques

Como abandonar o (desânimo) e construir a MOTIVAÇÃO.

313views

Parece um daqueles vírus que chegam sei lá como e insistem em ficar dentro de nós por tempo indeterminado e algumas vezes nem percebemos que ele chegou, pois, sua atuação é lenta e muitas vezes destruidora.

Um dia acordamos mais tarde e outro também e depois vem um cansaço inexplicável, umas noites mal dormidas, pensamento acelerado, sono durante o dia e pronto! Já temos dentro de nós o vírus do desânimo.

Às vezes ele vem sozinho, às vezes ele vem com outras companhias como a gripe, o mal-estar, a angústia e na maioria das vezes faz dupla com a ansiedade. Imagine uma pessoa desanimada e ansiosa para que algo “melhore” e nem sabe o quê e nem o porquê?!

Penso (EU) que todos nós já passamos em algum momento na vida por esta estranha sensação de desânimo total e algumas pessoas conseguem utilizar os seus recursos e sair rapidamente, enquanto outras patinam e patinam e não saem do lugar!

Acredito MUITO que entrar neste estado (desanimador) pode ter vários fatores e se eu for enumerar todas aqui, o artigo se transformará em um enorme guia com dezenas de páginas. Cada um sabe ou pelo menos tem uma ideia do porque caiu neste estado, então irei apenas colocar aqui o que eu chamo de Fator Predominante.

Penso que ao “avaliar” o que o levou a este estado, deva surgir coisas como: “A economia não ajuda”, “trabalho 10 horas por dia e no final do mês é sempre a mesma coisa”, “Não tenho disciplina e estou sempre a desistir das minhas coisas” e (para mim) não importa muito os motivos que o levaram a desanimar.

Penso que sempre existe acima de tudo um (Fator Predominante) que desencadeou “o processo” e este fator está ligado (sempre) à falta de combustível motivacional. Calma que irei explicar minuciosamente este pensamento!

Acredito que todos nós precisamos de um Motivo para a Ação (Motivação) e quando não temos os motivos realmente corretos, quando estes motivos não estão verdadeiramente alinhados com o nosso propósito de vida, o “ir” para a ação se torna cada vez menos frequente e o combustível se enfraquece….

Vou dar um exemplo (na prática).

Atendi recentemente uma pessoa que afirmava ter picos de motivação! Horas estava mergulhado no processo e acreditava que iria conquistar tudo que fosse necessário, horas caia do nada (Do nada só existe na cabeça de pessoas que não estão preparadas), então depois de 4 sessões identifiquei a questão.

Ele não abraçava causas que realmente amava ou acreditava! Ela abraçava causas que achava que lhe daria muito dinheiro! E que fique aqui claro que não tenho nada contra ganhar dinheiro ou ganhar muito dinheiro! Mas tenho TUDO contra pessoas que acham que vão plantar hoje e vão colher daqui 15 minutos. Pessoas que ignoram as leis do universo não conseguem jamais alcançar resultados satisfatórios.

Para eu ganhar, você não precisa perder! Esta é a lei universal que ele estava sempre quebrando. Acreditava em todos estes negócios que tinha encontrado a mina de ouro e com o tempo se desinteressava e partia para outra mina do ouro. Então o que percebi era que ele não queria seguir o esforço, apenas queria o resultado mais que positivo.

Iniciamos um árduo trabalho para descobrir o seu (propósito de vida) e propus uma sessão de Coaching por mês para ajustes e ele se manter firme e sabe porquê? Porque ele está vivendo o seu propósito de vida! Está alimentando a motivação dia sim e outro também e quando amamos verdadeiramente o que fazemos, não precisamos de muito!

Abandonar o (desânimo) e construir a MOTIVAÇÃO não se trata de uma tarefa difícil e nem de um plano mirabolante para ir para a guerra. Trata-se apenas de descobrir o seu propósito de vida, de estabelecer metas, de sentir-se no caminho, de aumentar o foco, de estabelecer pequenas metas e comemorar cada vitória e isso fortalece a motivação.

O primeiro passo para realmente abandonar o desânimo é ter a certeza que deseja sair deste papel de tristeza “quase” que diária e a (injeção), maior que pode aplicar é a motivação imediata! É como se fosse um combustível para o arranque e como conseguimos “produzi-la?” Simplesmente olhando para o nosso estado emocional atual e respondendo à simples, “mas” poderosa pergunta: “Eu quero estar neste estado emocional?”

Se a sua resposta for NÃO!!! Acredito que posso ajudá-lo, como tenho feito com centenas de pessoas! Pois precisamos pelo menos (enxergar) onde estamos para ter força para sair dali e este importante passo é sempre o mais importante dos passos, pois todos os outros serão consequência de suas escolhas.

Agora que está certo disso, que tal fazer uma poderosa lista para poder olhar para ela e construir o combustível ideal para se sentir incrível e apto para continuar sem pensar se quer em desistir!

Ajudarei a criar a sua lista baseado em 6 pontos importantes, ok?! Preste atenção a cada um deles e não tenha pressa em responder, pois muitas pessoas com pressa e com a ansiedade de transformar o estado, escrevem o que vem à mente, pensando que iniciaram um processo de competição e NÃO estamos competindo com quem termina primeiro, ok?

Trata-se da sua vida, então sugiro que faça certo para obter o resultado ideal e esperado.

  • 1. Faça uma lista de tudo que não quer mais para a sua vida! Mas aproveite e coloque tudo MESMO.
  • 2. Faça uma lista das coisas que pretende realizar na sua vida, mas sugiro que aqui divida isso em 3 fases importantes. Escreva o que deseja realizar em 6 meses, 12 meses e 36 meses e seja muito específico nos detalhes.
  • 3. Escreva tudo aquilo que lhe dá muito tesão em fazer! Aquilo que ama, que tem muita vontade e que a satisfação é mesmo incrível.
  • 4. Feche os olhos por alguns bons minutos e perceba como se sente ao pensar no seu futuro e procure identificar o que realmente deseja ser, ter, onde exatamente deseja estar?
  • 5. Escreva minuciosamente como gostaria que a sua vida fosse e quais os detalhes que mais lhe dão prazer.

Depois de fazer “e” fazer (muito) bem feito este exercício, comece a juntar tudo e construa a vida que realmente deseja ter e motive-se para conquistar cada etapa! Busque livros que falem sobre PNL – Programação Neurolinguística, aprenda a utilizar ferramentas poderosas de Coaching ou encontre um Coach para ajudá-lo em sua estratégia de vida.

Assista palestras motivacionais no YouTube, busque palestras com temas positivos em sua cidade, concentre-se em meditar todas as manhãs pelo menos 10 minutos por dia e não precisa se tornar um especialista, apenas tenha 10 minutos sentado, de olhos fechados, respirando e expirando com calma e de maneira consciente….

Perceba que a vida é para ser vivida no momento presente, o passado já passou e o futuro ainda acontece daqui a pouco e (sempre) será daqui a pouco…. Concentre-se em si! Amo muito frases e histórias de vida que me ensinam e neste momento existe uma frase que me acompanha, que tenho vontade de tatuá-la no corpo e espero que ela também possa te ajudar em seu processo pessoal….

“Não se distraia durante o processo! Sua missão é sem dúvida ser FELIZ”

Espero ter contribuído e antes que se vá, peço que escreva abaixo o que achou deste artigo, desta dica terapêutica! São os seus comentários que alimentam a minha mente a continuar compartilhando!

Share

Comente

comments