quinta-feira, maio 23, 2019
artigos 2019

AJUDAR ou falar sobre ajudar.

269views

“Ela briga nas redes sociais, fala sobre ajudar as crianças em Moçambique, vomita toda a sua ira, mas quando eu pergunto se fez alguma doação, diz que está ajudando compartilhando a sua indignação”

Eu não sei se é a minha idade (42) que está me deixando um pouco intolerante em relação a algumas coisas ou se estou realmente me tornando um chato daqueles com credenciais especiais de “chatismo”, pois a cada dia que passa fico mais irritado com certas atitudes e neste artigo falarei sobre AJUDAR. Ou quase isso…

É impressão minha ou estamos vivendo uma “temporada” da vida real onde estamos confundindo “ajudar” de verdade na prática, colocando ação com apenas falar em ajudar? Pois vejo com o poder das redes sociais muitas pessoas falando em ajudar e que devemos e que temos “a” obrigado de…. Porém, muitas que conheço, são apenas defensoras de ajudar e acham que já fazem o suficiente apenas compartilhando tais pedidos e talvez até façam mesmo, eu não sei, mas acho que deveríamos ajudar “antes” de levantar esta bandeira, não?

Nos últimos anos eu tenho feito palestras no fim do ano para arrecadar brinquedos para o natal das crianças que precisam e isso me dá um gozo enorme e este ano estamos estudando a possibilidade de fazer um evento maior e no mês de novembro estamos pensando em ir a 4 cidades com a proposta de arrecadar alimentos para instituições daquela cidade. Eu e a minha equipa estamos mesmo animados pra isso e claro que ficarei contente com as pessoas que compartilharem na ocasião a publicidade sobre o evento, mas ficarei mais FELIZ com as que levarem alimentos até lá!

Já tive muito na posição de falar sobre ajudar e juro que me sentia muito bem com isso, porém, hoje colocar a mão na massa e mexer é o que realmente pode fazer “a” diferença, entende? Então se tem aí dentro de si uma vontade de fazer algo pelo próximo, por favor estude a possibilidade de “doar” de verdade! Que seja dinheiro, roupas, alimentos, brinquedos ou o seu tempo! Está tudo certo!

Muitas pessoas não ajudam pois afirmar que não têm condições financeiras, mas gente….sinceramente nem tudo gira em torno de dinheiro, né? Algumas pessoas precisam de atenção, de uma palavra amiga, de um abraço, de uma dúzia de boas piadas e se não sabe como ajudar, procure informações no Google, nas instituições, em grupos de apoio, asilos, hospitais… Poste nas redes sociais que deseja ajudar e está em busca de lugares ou projetos para doar as suas habilidades.

Não estou aqui dizendo que deve parar de falar sobre ajudar, ok? Continue a falar, porém, ajude também fazendo e falará sobre o assunto com mais conhecimento de causa.

Já sabemos que a palavra pode convencer, mas o exemplo… Ahhh… este arrasta multidões!

Share

Comente

comments