sexta-feira, novembro 22, 2019
Dicas do Dia

A Falta de Controle “Automático”

Sleeping with legs on table
198views

A Falta de Controle “Automático”
Contribuição|Pense Bem|Apenas mais uma Reflexão|Eric Pereira|

Estava eu na estação Termini em Roma, esperando o trem e ao lado uma menina de uns 5 anos gritava com um gelado na mão, pelo que percebi ela queria outro e a mãe ria no pequeno grupo de amigos e nem prestava atenção nela.

Provavelmente para chamar mais ainda a atenção, a menina gritou mais e se jogou no chão e eu ali apenas observando aquilo tudo e tendo mais um aprendizado. Em segundos a mãe rindo com este grupo, se abaixou pegou a menina e deu 3 tapas na cara dela (Juro que doeu em mim), e a menina saiu correndo e ela retomou a conversa.

Não sei o que estava ao certo acontecendo, não sou pedagogo, nem fiz psicologia infantil, mas não sou cego e meu primeiro pensamento foi: Uma “provável” paciente para um terapeuta daqui a alguns anos.

Mas aquela história não me pertence e não posso mergulhar nela, mas confesso que por alguns minutos os gritos daquela menina desapareceram da minha mente e eu olhava para a mulher pensando o que estava passando na cabeça dela, o que levava ela a tal comportamento e pior, o que a levava à ausência de todos os outros sentimentos que a “maioria” das mães tem de amar acima de tudo, de carinho, de ensinar, de educar…

Minha mente também me levou aos momentos que eu como pai não fui pai e às vezes que virei as costas para os meus filhos, pela minha falta de tempo, por estar ocupado de mais pensando em ganhar dinheiro. Também confesso aqui que me senti mal naquele momento e logo percebi que já estava dentro da história e que de alguma maneira ela me transportou para a minha própria história.

Sensações… Meus recursos me tiraram rápido dali e logo que entrei no trem me sentei aqui para escrever esta contribuição.

E você? Já perdeu o controle sem nenhum grande motivo aparente? Sua falta de controle já prejudicou alguém ao seu redor, como uma pessoa que gostava, um familiar, um filho? Já se deu conta de ter perdido o controle e ter mergulhado dentro de um automático que apenas dias depois se deu conta que fez algo que se envergonhou ou queria cavar um buraco e enterrar a cabeça ali, como as avestruzes? Rs

E nos dias atuais, consegue já perceber a importância de se manter centrado?

Não precisa falar nada. Apenas pense em tudo isso e veja se algo aqui se encaixa em sua vida!

Até amanhã.

Share

Comente

comments