Category: Momentos de Reflexão

Group of young people together outdoors in urban background

A Alegria dos “outros” incomoda?

Sinceramente eu nunca tinha parado para pensar nisso em toda a minha vida, até ontem quando conversava com uma cliente e ela me dizia que se irritava muito com uma amiga que vivia rindo no trabalho e que no almoço falava de como tinha tido um ótimo final de semana em família e que aquilo a irritava muito ao ponto dela sentir-se mal e algumas vezes ir ao banheiro chorar.

Continuei ouvindo-a e não era apenas da felicidade daquela amiga que ela falava e sim de outras pessoas, inclusive de um sobrinho de 19 anos que vivia alegre. No final, já com a voz um pouco alterada e lágrimas nos olhos, ela me dizia: “Ninguém pode ser feliz assim o tempo todoooooo! É impossível!” e a fala dela me remeteu imediatamente a um episódio que me aconteceu em 2017.

Uma cliente em sua primeira sessão, sentou-se e me disse: “Olha, antes de começarmos quero te fazer uma pergunta: Você não vive tão bem assim com a sua esposa, né? Porque fala muito dela nas redes sociais e exibe felicidade, mas ninguém é feliz o tempo todo!”

Pode parecer estranho uma pessoa se incomodar com a felicidade da outra, né? Ou melhor, pode parecer estranho uma pessoa se irritar com outras pessoas felizes e este facto chamou tanto a minha atenção que pedi permissão para ela, para falar sobre este assunto sem citar nomes, é claro.

Pode estar você aí pensando que se trata de inveja, que é uma pessoa mal amada ou até estar usando outros nomes para definir estas pessoas que se incomodam com a felicidade dos outros, porém, eu deste lado enxergo estas pessoas como pessoas que não foram educadas para serem felizes e por este motivo tudo o que elas vêem sobre felicidade e alegria consideraram uma “anormalidade”, uma mentira, pois nunca tiveram algo que realmente as levasse a este nível de êxtase, entende o que quero dizer?

Conversando mais fundo durante a nossa sessão, percebi que ela nunca recebeu carinho dos pais, sua primeira experiência foi traumática (ela com 13 e ele com 38), teve um casamento que durou 16 anos, era humilhada e às vezes até agredida fisicamente e a única vez que teve coragem de falar com a sua mãe sobre isso, pois se sentia assustada, a mãe disse: “cala-te e respeita o teu marido, pois se ele está te batendo deve ter um motivo!” Dá para imaginar isso?

Às vezes a felicidade das outras pessoas pode incomodar, como o sucesso por exemplo, e isso não significa que a pessoa deseja o seu mal, mas que talvez “e” só talvez ela nem saiba o que significa ser feliz ou ser bem sucedida e pode até acreditar fortemente que o sucesso é para poucos e que ser feliz é uma dádiva de Deus apenas para poucos escolhidos.

Então neste Papo do Dia, quero te pedir que quando estiver diante de alguém mal humorado, negativo ou até que se incomode com os “resultados positivos” das outras pessoas, pegue leve com ele, procure entendê-lo, sem criticar, sem grandes revoltas, pois lá no fundo tem diante de si uma pessoa boa, apenas não teve a oportunidade de compreender a dinâmica do jogo! Talvez ninguém tenha olhado nos seus olhos e dito – Calma… A vida acontece para todos e logo será feliz, pois é merecedora.

Agora se é você esta pessoa que vive incomodada e não acreditar em felicidade plena, digo diretamente para ti:

Ei… Você… Calma! Não sei o que te contaram sobre felicidade e sucesso, mas garanto que existem sim e ambos estão à sua disposição! Pode ser que uma vez ou outra se sinta desconfortável ou se irrite com a vida (eu me irrito), porém, quero que se concentre em fazer acontecer, então procure colocar um belo sorriso no rosto, tome uma respiração profunda e se preciso for 2 ou 3 e continue acreditando na felicidade, pois ela existe e se me permite, vou compartilhar contigo um pequeno segredinho em que eu (Eric Pereira), acredito muito:

“A felicidade existe e ela está justamente nos pequenos acontecimentos”

Hoje ter a oportunidade de escrever para vocês é mesmo um destes pequenos momentos onde me sinto completamente feliz.

Até ao próximo papo e lembre-se de deixar aqui em baixo a sua opinião e se gostou compartilhe!

Read More

AOS POUCOS VAI DANDO CERTO

Sou um incorrigível colecionador de frases inspiradoras. Muitas foram escritas por grandes nomes, outras, por completos desconhecidos, mas se a frase é boa, pouco importa sua fonte.

Existem algumas que, por gostar tanto, eu as leio diariamente e as escrevo constantemente.

Devo confessar que algumas frases carregam em si um mistério muito especial que na hora eu não compreendo, por isso, as deixo ali guardadinhas para que no momento certo eu possa interpretá-las. Elas ficam ali de molho, curtindo, descançando.

SIM, acredito que existem frases que precisam do “momento certo” para fazer sentido e uma que está fazendo sentido na minha vida neste momento é:

“Calma. É aos pouco que a vida vai dando certo.”

Já tive muitos momentos na minha vida onde por mais que eu os observasse nada fazia sentido, “às vezes”, questiona o que eu estava fazendo de errado para não ter o resultado que deseja. Hoje, mais maduro, com mais experiência, percebo que é justamente aos poucos que a vida vai dando certo e se desejamos MESMO resultados extraordinários temos que ir fazendo e deixando que a vida aconteça e isso realmente leva tempo.

Calma, muita calma nessa alma, pois é aos poucos que a vida vai dando certo. Não adianta pressa, muito menos ansiedade, as coisas acontecem no tempo certo. Existe um tempo certo das coisas darem certas.
Saber esperar não significa perder tempo, mas sim, deixar com que as coisas aconteçam no seu devido tempo, portanto, não se preocupe, dias ruins também chegam ao fim. Não é porque o céu ficou nublado que as estrelas morreram. Não se deixe abater, não se deixe abalar, às vezes é só um mau pedaço de um bom caminho.

Eu não sou religioso (sou espiritualista), mas sou fã de algumas citações bíblicas e umas delas é Eclesiastes 3:2 que diz:

“Há tempo de nascer, e tempo de morrer; tempo de plantar e tempo de arrancar o que se plantou.”

Sabe, muitas vezes, principalmente na adolescência, eu pegava a semente na mão e no caminho do campo já desejava colher o que nem tinha plantado ainda, entende o que quero dizer? Será que eu era ansioso?

Hoje, completamente focado em ter uma vida mais tranquila e de paz, entendo a grande importância de saber esperar para colher o que foi plantado e sei também como é importante estar sempre plantando. Ahh, e como sei!

Outro dia falava com um aluno no final de um seminário como nos tornamos grandes quando aprendemos a desaprender e aprendemos de novo. É um processo incrível, pois nos tornamos fortes com nossos “não acertos”, compreendemos a razão pelo que fazemos o que fazemos e entendemos um conceito que acredito ser um dos mais importantes: menos é mais. O grande vilão da felicidade é a nossa ansiedade de querer mais e tudo para ontem. Esta luta pelo mais e pelos resultados imediatos tem roubado a paz de milhares de pessoas.

Então, se em algum momento, você que me lê sentir um aperto no peito, estiver angustiado e se sentir na dúvida de se vai conseguir ou não, deixe por um momento a questão do resultado e observe o que está sendo feito no dia a dia, pois é neste plantar que deve ser concentrar, pois se estiver fazendo MESMO a sua parte não tem que se importar muito, pois, mais cedo ou mais tarde, os resultados virão.

Eu sei que algumas vezes é difícil acreditar e também sei que muitas vezes queremos ter os resultados na hora, no entanto, acredite em mim: as pessoas de sucesso que hoje estão em uma situação confortável, elas em algum momento duvidaram do que estavam fazendo e o que as diferenciaram das demais foi justamente a persistência e paciência, afinal de contas, a paciencia é amarga, mas seu fruto é doce.

Minha intenção neste “Papo do Dia” é que você aprenda a desaprender e perceba que embora o mundo esteja num verdadeiro caos, agitação total, discórdias, disputas, etc., você só vai alcançar o resultado maior se não seguir a manada, se você respirar, se você plantar e esperar com paciência e fé. Agora, se você conseguir fazer tudo isso com o coração cheio de amor… Ahhhh, aí a colheita será abundante e terá um incomparável sabor de alegria!

Até ao próximo papo!

Read More

Estou em Madrid

Já estive aqui algumas vezes e na maioria foi a passeio, mas em 2017 fiz parte de um circuito de palestras para alguns cavalheiros da maçonaria e hoje volto para atender um cliente que depois de 2 meses de mentoria online, vim pessoalmente para conhecer o seus dois hotéis (Madrid e Segóvia), fazer os ajustes das estratégias que desenhamos online (6 sessões) e também conhecer a equipe que supostamente irei treinar em Outubro.

E porque trouxe isso como o papo do dia? Porque tenho a intenção de começar a compartilhar algumas experiências ou acontecimentos aqui para aqueles que seguem meu blog com maior frequência Estar aqui (pra mim) significa que o que tenho feito nas minhas sessões de mentoring têm realmente agradado meus “mentorados” e como não ficar feliz, entende?

Depois de quase 21 anos mergulhado no desenvolvimento pessoal, tendo atendido por 20 anos em consultório (hipnoterapia e programação neurolinguística), percebo que cresci imenso como ser humano, como profissional e, sem nenhuma dúvida, aprendi imenso com tantas formações que fiz. Ainda hoje me recordo de estar em Nova Iorque com Tony Robbins e olhar ao meu redor e sorrir, na verdade chorei e dei muitas gargalhadas por perceber que consegui estar ali aprendendo com um dos maiores Coaches do mundo e naqueles 4 dias eu tinha “absoluta certeza” que traria comigo muita bagagem para continuar a ensinar pessoas em seus processos de transformação.

No final foram tantas formações que perdi as contas, mas estes dias estava em um seminário falando especificamente sobre pesquisas e estudos e o meu insight naquele momento foi que meus professores me ensinaram muito, muito mesmo, mas os meus maiores aprendizados vieram de praticar, de colocar a mão literalmente na massa, de ler e reler o mesmo livro, de pesquisar incessantemente e não ter nenhuma vergonha de perguntar a quem sabia mais do que eu.

Cada atendimento que fiz, cada procedimento mais complexo que vivenciei e cada cliente que não soube solucionar a sua queixa emocional, foi o que me transformou neste profissional que sou hoje.

Bom, na verdade é uma série de coisas que somadas nos ajudam a construir o resultado do nosso cliente e provavelmente foi um pouco de tudo isso que me treinou para neste momento da minha carreira ajudar as pessoas a construírem (ou) ajustarem suas carreiras profissionais.

Só sei que o dia aqui hoje foi realmente muito bom e um pouco cansativo e amanhã tem mais! É dia de conhecer o hotel de Segóvia, então será um sábado produtivo simsim e hoje durmo “já” com a sensação de missão cumprida!

Até o próximo papo!

 

Read More

Sexta-feira é Sexta-feira

Alguma vez já passou a sexta-feira desejando que fosse sábado? Já olhou dezenas de vezes para o relógio na esperança de que o tempo voasse e pudesse ser outro dia? Se fez isso pelo menos uma vez pode apostar que jogou fora alguns minutos da sua vida, mas claro que já deve saber disso, né? Afinal sabe que o dia passa para todos igual.

O que talvez não saiba ou não tenha pensado é que algumas pessoas utilizam com muita sabedoria o tempo que tem e por isso elas possuem mais momentos felizes e outras não dão nenhum valor a esta questão “tempo” e vivem jogando fora a moeda mais preciosa que possuem.

Claro que eu já desejei também que a sexta acabasse e chegasse o final de semana para eu poder ficar em casa e descansar o dia todo sem fazer nada, mas nesta época eu tinha pouca consciência sobre a minha vida e sobre esta moeda preciosa, mas agora sei que sexta é sexta e além de apreciá-la, aprendi a respeitar cada minuto da minha sexta-feira.

Na verdade, eu aprendi a respeitar muito cada minuto da minha vida e mesmo quando não faço nada, me esforço para não fazer nada com qualidade (risos), respeitando aquele precioso tempo que decidi não fazer nada e descansar…. E pode parecer engraçado, mas usarmos o nosso tempo com consciência muda tudo e nesta dica terapêutica irei mostrar em 3 passos o porquê e quem sabe logo estará como eu utilizando o seu tempo conscientemente.

1º Parece que o tempo se multiplica.

Ok, é estranho afirmar isso, mas quando utilizamos com consciência o nosso tempo parece mesmo que ele se multiplica, pois conseguimos fazer mais coisas e em alguns casos até visualizar mais os resultados e isso não tem a ver com termos ganho mais tempo e sim com não termos desperdiçado.

2º Aprendemos a eliminar tarefas

Quando estou consciente, não abraço todas as tarefas, aliás começo a priorizar o que realmente faz sentido e o que não faz e isso se torna tão importante que aos poucos começamos a criar o saudável hábito de priorizar as nossas atividades.

3º Vivemos mais no presente

Ahhh, isso é mesmo maravilhoso e só quem faz isso sabe da sensação que estou falando. Quando estamos mais conscientes vivemos um dia de cada vez, vivemos mesmo a sexta e não queremos que chegue logo o sábado, pois sabemos que cada minuto é importante e o viver no presente é o melhor remédio contra a ansiedade.

Independente das centenas de queixas diferentes que meus clientes trazem, observo que a maioria deles “ainda” desperdiça o tempo. Uns vivem no passado, cheios de arrependimentos e outros em um futuro que nem aconteceu e às vezes nem acontecerá, já que eles vivem “só” alucinando e não tomam nenhuma atitude para que aconteça.

Agora aqueles que aprendem a viver um dia de cada vez, que estão focados MESMO no presente, estas pessoas conseguem resultados MESMO positivos e conseguem logo “sentir” o gostinho, gostoso da vida.

Aprendi que quando compreendemos a ideia de o “tempo” ser precioso temos como consequência o benefício de vivermos uma vida muito melhor.

Aproveite bem a sua sexta-feira e se tiver lendo este artigo em qualquer outro dia ok, interiorize esta ideia e permita que todos os seus dias sejam assim, mágicos….

Desejo um ótimo dia! Desfrute de cada segundo!=

Read More

10 Dicas rápidas para ser + FELIZ!

Quando o assunto é ser mais feliz, temos à nossa disposição milhares de livros, vídeos e gurus experts dizendo faça isso e não faça aquilo e acredito que eu em algum momento “ou” em alguns momentos também já dei os meus bitaites em um texto ou outro…

Agora quero trazer aqui 10 dicas comprovadas pela ciência que ajudam qualquer pessoa a ser mais feliz e apesar de algumas parecerem engraçadas, pelo que pesquisei, além de serem muito reais, estão sendo muito usadas por pessoas que estão sempre em busca de aumentar o seu prazer de vida!

Eu sou uma destas pessoas, okok, podem me julgar! (risos), mas passo a maior parte do meu tempo ajudando pessoas a encontrarem respostas para as suas feridas emocionais, então, se eu não buscar recursos para estar bem na maior parte do tempo, imagina como poderia ajudar tantas pessoas a transformarem suas vidas, não é mesmo?

Vamos à lista pesquisada pelos cientistas:

1º Fazer exercício físico

Ajuda a liberar endorfinas, promovendo a sensação de bem-estar.
Eu sei que muitas pessoas associam o exercício a algo doloroso, sem nenhum prazer, onde pessoas querem apenas ter corpos perfeitos! Mas por favor, eu já pensei assim, mas saia deste padrão, ok?

Existem centenas de maneiras diferentes de fazer exercício, pode escolher fazer uma bela caminhadas e quem sabe “até” escolher bons podcast para ouvir e enquanto libera endorfinas ainda aprende. Esta me parece uma ótima associação.

Pode também escolher um desporto que admira, tipo uma luta ou bicicleta, quem sabe natação? Ahhh… Eu tenho na minha lista para 2019! Logo iniciarei.

2º Comer mais chocolates

 

Contém triptofano, aminoácido que promove a produção de serotonina e aumenta a sensação de prazer.

Agora, calma aí ehhh… Não me vai comprar 30 barras de chocolate e comer 1 por dia. Existem dezenas de chocolates por aí, alguns até com mais cacau, outros mais saudáveis! Sei que é bom pra caramba, mas eu por exemplo estou numa fase de alimentação saudável, então chocolate só uma vez ou outra e um ou outro pedacinho.

Nada de cortar pra sempre e nada de grandes exageros.

3º Inspirar o cheiro dos citrinos

Esta eu confesso que fiquei tentando compreender melhor e fui em buscas de respostas para a minha pesquisa e é isso mesmo!
Pode até parecer estranho, mas os aromas liberados por limões e laranjas causam reações químicas positivas no cérebro.
Uauu, né? Eu particularmente sempre gostei dos dois, adoro o cheiro da casca do limão e agora irei com certeza raspar mais e permitir que este aroma possa ajudar o meu cérebro. Compreende melhor agora porque é que na aromaterapia a essência de limão é tão valorizada.

4º Juntar cogumelos às saladas

Esta eu já sabia e como na minha casa comemos muitas saladas nas refeições, sempre gostamos de acrescentar o cogumelo. Ele é rico em vitamina D, também desencadeia a produção de serotonina.

Eu gosto dele na salada, refogadinho com um fio de azeite ou manteiga, hummm… Não posso me entusiasmar se não abro um blog de receitas do Eric (Rindo alto).

5º Fazer Ioga

Ahhh, nunca fiz, mas também está na minha lista de desejos para 2019 e o ginásio que frequento tem, falta apenas criar o tempo e começar.
O Ioga tem tantos benefícios, né? Ao longo dos anos milhares de pessoas relatam como melhoraram a suas vidas praticando Ioga.

Nesta pesquisa, vi inclusive o relato de pessoas afirmando que aos poucos foram deixando a medicação (com orientação dos seus médicos) e mergulhando mais no Ioga.

Segundo a ciência, o Ioga ajuda a diminuir os sintomas depressivos.

6º Comer hidratos de carbono

Eu sei que algumas dietas e alguns nutricionistas podem ser contra e respeito. Porém, estudos dizem que ingeri-los sem excessos, durante a tarde promovem a saciedade e o bem-estar.

Agora cabe a cada um de nós saber o real significado da palavra (sem excessos), né? Acredito que todo remédio é veneno e todo veneno é remédio, então tudo depende muito da dosagem e da nossa consciência. Aliás, nos últimos anos tenho falado muito sobre “consciência” e se você tiver atenção a isso, a vida fica mais fácil sem nenhuma dúvida.

7º Ouvir música e cantar

Ahh, esta é velha, né pessoas? Sou da época em que cantar no chuveiro era sinónimo de felicidade.
Cantar, nunca foi o meu forte, mas ouço diariamente música e neste exato momento, enquanto escrevo, estou ouvindo música. Preciso da música para me concentrar, me inspirar.

A ciência diz que é pura dopamina no cérebro, uma substância estimuladora do sistema nervoso central e que vai melhorando a boa disposição. Top! Adorei isso.

8º Dedicar tempo ao animal de estimação

Estudos revelam que brincar com o cão ou gato durante 15 minutos diários ajuda a liberar serotonina.

Bom, infelizmente não posso falar sobre isso pois nunca tive um animal de estimação, apesar de às vezes ter o forte desejo de comprar um cachorro, pois a minha esposa ama.
Quem sabe eu resolva comprar um, vou pensar sobre o assunto.

9º Sair com amigos

Uma boa conversa e uma boa companhia animam sempre qualquer pessoa.

Eu tenho poucos amigos, por uma opção minha e mesmo assim sempre que posso saio com eles, me divirto e recomendo, pois, estar com amigos, dar boas gargalhadas é sempre bom e nos ajuda imenso viver melhor. Experiência própria.

10º Rir


Rir reflete e promove a boa disposição sem nenhuma dúvida.
Segundo uma pesquisa na Universidade de Loma Linda, na Califórnia (EUA), o riso pode reduzir o risco de doenças cardíacas. Dar boas risadas pode aumentar os níveis de colesterol bom no sangue. Na escola de medicina da Universidade de Baltimore (EUA, descobriu-se que rir diminui a pressão arterial.

A especialista em terapia do riso Conceição Trucom, do site Doce Limão diz que quando damos uma boa gargalhada, a absorção de oxigénio pelos pulmões aumenta. Inalar mais ar, e com isso, a expiração também fica mais forte. “Com maior ventilação pulmonar, o excesso de dióxido de carbono e vapores residuais são rapidamente eliminados, promovendo uma limpeza ou desintoxicação.

Em 2018 eu li (2 x) o livro do Meik Wiking “O livro do HYGGE”, conhecido método dinamarquês para ser feliz e é realmente incrível a maneira como ele descreve o HYGGE que na verdade é uma maneira, um conceito de viver… O convívio, as luzes em casa, não vou dar spoiler é melhor que compre e leia-o com a atenção que ele merece.

Enfim, chegamos ao fim de mais uma dica terapêutica e lembre-se que todas as sextas teremos uma nova dica terapêutica no blog, ok? Vou procurar fazer dicas mais longas e mais detalhadas para que você possa mergulhar, saborear e inclusive aplicar na sua vida!

Agora, deixa o seu comentário aí em baixo sobre o que achou desta dica! Pode ser? Qual dos 10 itens você mais gostou?

Read More

Ladrão de Sonhos

By Eric Pereira

Eu já tinha saudade de escrever para vocês.

Tenho estado muito ocupado ajustando as minhas metas para 2019 que tudo o que tenho escrito são pequenas frases ou textos, mas hoje “programei” uma janela de 60 minutos para escrever.

Recentemente eu fiz uma palestra aqui em Lisboa sobre (MEDOS) e gosto muito de chamar o medo de ladrão de sonhos, pois cada vez mais percebo que ele chega devagar, vai entrando na vida das pessoas, ele se esconde e quando ela percebe ele já esta no controlo fazendo com que aquela pessoa realmente abandone os seus sonhos, pois a sua mente está cheia de dúvidas e imagens às vezes aterrorizantes.

Depois da palestra, atendi uma mulher que há 22 anos desistiu do seu sonho de abrir um negócio, porque o seu pai teve um negócio mal sucedido e quando contou para a família, além de não ter apoio, passou semanas ouvindo sermões sobre como tudo daria errado e 22 anos depois ela tem um emprego que odeia, um casamento falido e uma vida cheia de manias e crises de ansiedade.

Agora eu fico sempre me perguntando, quantas pessoas no mundo têm o mesmo problema que ela e que vivem uma vida diferente, porque um dia alguém insistiu em dizer sobre ser difícil, impossível e ruim. Algumas pessoas “vendem” as suas frustrações embaladas em lindas caixas com laços vermelhos e acham que estão mesmo fazendo um favor para a humanidade.

Nestes anos atendendo em consultório já me deparei com muitos casos onde estava claro que ali diante de mim poderia estar sentada uma grande bailarina, um jogador de futebol, um chef de cozinha daqueles premiados por seus lindos e deliciosos pratos ou quem sabe um daqueles génios que revolucionam o mundo. Às vezes olho para algumas pessoas narrando as suas histórias de medo e bloqueios e fica nítido que aquela pessoa se não fosse induzida ao erro, poderia sem nenhuma dúvida sem muito mais feliz.

Sempre digo que a (culpa) é uma das piores sensações que alguém pode carregar, mas imagine uma pessoa carregando consigo a frustração?! Fazer o que não gosta, todos os dias e às vezes respirando fundo e pensando “e se eu tivesse arriscado?” Com certeza não é nada fácil!

Faça um mergulho na sua vida! Pense naquilo que deixou para trás e perceba se neste momento da sua vida, está vivendo o seu MAIOR SONHO ou (se) está apenas vivendo um dia de cada vez, sem muita esperança ou felicidade.
Eu acredito que independente da sua história, sempre há tempo de mudar! Tudo depende de você querer tomar a melhor decisão para a sua vida!

Pense nisso e espero que fique bem e que transforme seus desejos em realidade.

 

Read More