Posts

Fora de cOnTrOlE – 18/365

Eu adoro estar no controle de TUDO! Tudo MESMO!

Adoro controlar os meus horários, os meus colaboradores, a minha casa, alimentação, a minha leitura, os meus filhos e até a minha felicidade.

Só que durante muito tempo sofri com esta síndrome do controlador absoluto, mas aprendi a viver melhor e ser feliz por descobrir que às vezes ficar fora do controle “É” sem nenhuma dúvida tudo que necessitamos e quando aceitamos isso, as coisas fluem de maneira diferente e aos poucos percebemos que (antes) estávamos apenas perdendo tempo, querendo que o mundo se alinhasse às nossas vontades e necessidades.

Quando ouço clientes controladores, observo bem os seus comportamentos e acho piada na maneira como eles falam e quando percebo que alguns deles estão extremamente irritados e nervosos por não ter todas as situações controladas, logo me lembro de momentos em que tive fortes crises que chegava a passar mal. Uma mistura de ansiedade e loucura total.

Não significa que hoje a minha vida é 100% descontrolada! Muito pelo contrário, é extremamente organizada, porém aprendi a compreender que existem coisas sobre quais eu preciso ter controle e outras que “não” dependem de mim controlar! A vontade de outras pessoas não depende de mim! Não mesmo! Jamais! E vivemos em uma sociedade onde cada um possui a sua vida e todos juntos (apenas) fazemos de tudo para nos entendermos e aprendemos uns com os outros.

Eu poderia ir além (Falando como terapeuta), que estamos aqui para evoluir e este processo de evolução depende muito e compreendermos certas verdades, de mergulharmos em algumas experiências, principalmente (nos permitirmos). Algumas pessoas fogem de situações como esta, talvez tenham medo de ficar sem chão, já que não possuem o controle ou não estão preparadas, eu não sei!

O que sinto forte dentro de mim é que sempre vale a pena experimentarmos estar fora do nosso controle e muitas vezes me pego em situações estranhas, diferentes, incrivelmente diferentes e não fujo delas, muito pelo contrário, eu vou com tudo, bato de frente, encaro-as para realmente ter a grata experiência de sentir…. Para mim (Eric) o sentir é tudo.

Quem sabe está na hora de experimentar estar (Fora do controle) só um pouquinho…Quem sabe estar fora de controle pode lhe proporcionar um impacto diferente, único, incrível e toda esta experiência descontrolada eleve os seus padrões, altere a sua maneira de pensar, mude a sua maneira de encarar a vida e o coloque em uma posição, mais favorável? Quem sabe?!

Dê uma chance para a vida! Uma oportunidade para o Universo agir, fazer a parte dele, uma pequena chance para que você sinta-se bem, maravilhosamente bem e possa aprender a importância de respeitar o espaço do próximo! Quando fazemos isso e aprendemos isso, logo tudo fica mais claro, mas dinâmico, especial e logo descobrirmos que as verdades não são absolutas, nunca forma, nunca serão!

Abra os olhos para uma vida mais plena, mais segura, mais incrível…

Entregue-se… E se for mesmo permitir que a sua vida avance para um próximo nível, se for mesmo aprender a ser um observador e não um controlador, coloque 10 nos comentários e depois deixe que a vida cuide de você e não o contrário.

Share

Não entende hoje? Entenderá amanhã

Já se pegou numa situação onde quer muito explicar para uma pessoa uma situação e mesmo usando os seus melhores argumentos, ela insiste em não compreender, principalmente porque o que está dizendo não está alinhado com o sistema de crenças dela?

É uma situação mesmo terrível e pode dizer com calma, explicar minuciosamente que (ela) não compreenderá, pois não está receptiva “a” ouvir, mas se mudar o seu discurso para que o tema seja “favorável” ao que ela quer ouvir, ela também vai baixar a voz, demonstrará compreensão e isso é mesmo estranho!

Eu gosto de pensar que talvez e “só” talvez a mesma pessoa que hoje não consegue compreender, amanhã vai compreender e imagino ela dizendo: “ahhhh! Entendi!” Não porque não tinha capacidade para entender antes, mas porque tinha muitos sentimentos envolvidos que não permitiam clareza na informação!

Se isso acontecer em sua vida, a minha dica é que não tente achar um caminho para explicar, não altere a sua voz, não entre em uma briga desnecessária, não construa uma barreira entre você e a pessoa, ainda mais se foi alguém que ocupa uma importância em sua vida (ou) ocupou.

Ouça e faça de tudo para gerir bem os seus sentimentos e deixe que a pessoa pense como desejar, pois chegará um momento que ela irá mergulhar em uma reflexão mais precisa ou profunda e o que antes era absurdamente estranho, se tornará em algo mais compreensível e tudo ficará em paz.

Eu já tive na minha vida experiências onde eu gritei e afirmei que jamais entenderia, perdi a paciência e acreditava que estava MESMO certo. Com o passar do tempo amadureci e compreendi que nem eram bem assim as coisas e em alguns casos tive a oportunidade de pedir desculpas para a pessoa e em outras apenas deixei passar e tudo ficou certo.

Seja lá como for, a minha MAIOR dica terapêutica aqui é que não entre em uma briga, não levante a sua voz, esqueça os seus argumentos, apenas aprenda a deixar o tempo solucionar isso. Todas as pessoas (sem exceção) devem ter a oportunidade de mudar e a minha experiência diz que o tempo é o melhor remédio.

Espero ter contribuído! Respire fundo mais de uma vez e toca a andar que a vida não pára jamais!

#dicaterapêutica #ericpereira #hipnose #coaching #pnl #resultado#umpensamento

 

Share

[POdcast] Escolha melhor as suas companhias

assinatura-3

Sou Coach, Manager e Hipnoterapeuta com Certificação Internacional pela The Milton H. Erickson Foundation Phoenix – Teaching Division – The Institute For Traumas Release Therapy And Global Institute For Trauma Resolution Accredited By The American Board of Hypnotherapy.

Master Practitioner por The Society Of Neuro Linguistc Programming EUA por Richard Bandler;

Coaching Clinic pela Corporate Coach U; Mindfulness and Trance com Stephen Gilligan e X – Change: Walking in Both Worlds com Stephen Gilligan e Bernd Isert pelo Metaforum Internacional.

Co-fundador da Terapias.Clinic® com sede no Funchal – ilha da Madeira, Sócio-Diretor da empresa Precious Minutes – Formação Profissional, Lda que possui como marcas principais a Plataforma de Ensino a Distância IFO, a Plataforma de Áudio Terapia e a escola Certamente.pt

CEO da Agência de Negócios Diálogos e Palestras que atua em Portugal, França e Itália.

Share

[Podcast] Compartilhe Amor

assinatura-3

Sou Coach, Manager e Hipnoterapeuta com Certificação Internacional pela The Milton H. Erickson Foundation Phoenix – Teaching Division – The Institute For Traumas Release Therapy And Global Institute For Trauma Resolution Accredited By The American Board of Hypnotherapy.

Master Practitioner por The Society Of Neuro Linguistc Programming EUA por Richard Bandler;

Coaching Clinic pela Corporate Coach U; Mindfulness and Trance com Stephen Gilligan e X – Change: Walking in Both Worlds com Stephen Gilligan e Bernd Isert pelo Metaforum Internacional.

Co-fundador da Terapias.Clinic® com sede no Funchal – ilha da Madeira, Sócio-Diretor da empresa Precious Minutes – Formação Profissional, Lda que possui como marcas principais a Plataforma de Ensino a Distância IFO, a Plataforma de Áudio Terapia e a escola Certamente.pt

CEO da Agência de Negócios Diálogos e Palestras que atua em Portugal, França e Itália.

Share

Hipnose NÃO Funciona

“TALVEZ A MULHER QUE ESTAVA SENTADA DIANTE DE MIM, EM MEU CONSULTÓRIO, TIVESSE ESPERANDO OUTRA RESPOSTA, MAS COMO PROFISSIONAL SÓ PODERIA DIZER QUE A HIPNOSE NÃO FUNCIONA PARA PESSOAS QUE PENSAM QUE VOU ESTALAR OS DEDOS E ELAS VÃO DORMIR E, 5 MINUTOS DEPOIS, ACORDAR SEM DEPRESSÃO”

Minha secretária já tinha dito que, ao telefone, esta cliente insistia que precisava ser hipnotizada já na primeira sessão e que tinha ligado 3 vezes durante a semana para perguntar se eu tinha dado alguma resposta ao seu pedido. É claro que disse que falávamos na primeira sessão de avaliação.

A sessão começou e Laura (vou chamá-la assim) me cumprimentou e foi logo perguntando se ia ser hipnotizada. Pedi para ela se sentar e relaxar e expliquei que aquela sessão era apenas uma avaliação. Expliquei que jamais faço hipnose sem saber quem está sentada na minha frente e os reais motivos que a trouxeram a meu consultório.

Era visível a desilusão de Laura, mas eu estava muito confortável com a situação. Identifico clientes como a Laura, como pessoas que precisam de ajuda, mas estão em busca de algo que alivie suas dores como um passe de mágica.

Depois de explicar como eu trabalho e fazer uma breve apresentação sobre o método terapêutico da Terapias.Clinic®, Laura explicou que sofria de insónia desde que se separou do marido (4 anos atrás) e precisava, urgentemente, de resolver isso, mas nunca procurou ajuda.

Interessante é que, só depois de 4 anos sofrendo o problema, se tornou urgente e decidiu colocar toda a expectativa na hipnose mas, infelizmente, chegou ao meu consultório seduzida pela ideia de que eu a colocaria em transe em segundos e em 5 minutos ela estaria curada.

Expliquei a ela a diferença de hipnose (Show) e hipnoterapia (Clínica), falei também que sim, era possível entrar em transe em segundos e sempre digo que algumas pessoas entram em 30 segundos, enquanto outras em 30 minutos, mas a filosofia da Terapias.Clinic® não é aliviar dores emocionais, mas tratá-las.

Não criámos um método para servir como calmante ou como um penso que pode ser colocado na ferida e “parecer” que está tudo resolvido. Criámos um método, baseado na experiência de mais de 15 anos, minha e da Psicoterapeuta Paula Briani (minha esposa). Foram muitas noites acordados e muitos finais de semana fazendo formação para compreender o que deveríamos usar e o que deveríamos, jamais, usar com um cliente para obter resultados realmente positivos.

Dentro do nosso método, utilizamos, sim, técnicas rápidas como a PNL – Programação Neurolinguística, mas não para resolver i.s.o.l.a.d.a.m.e.n.t.e e, sim, dentro de um contexto terapêutico.
Se eu fosse resumir o meu trabalho parcialmente, eu diria que ouço atentamente o que o cliente me diz, presto ainda mais atenção no que ele não me diz, crio procedimentos sob medida para conversar com seu inconsciente (em Transe Hipnótico e ali faço uma investigação para saber a causa da queixa que ele me traz) e utilizo a PNL e outras terapias breves para resolver o problema.

E mais importante que isso é que treinamos nosso cliente para saber utilizar sua mente de forma que poderá, sempre que desejar, despertar seus recursos internos e buscar solução para seus problemas, não deixando eles se tornarem uma crença ou um bloqueio que, lá na frente, impedirão ele de viver melhor.

Mesmo explicando em detalhes tudo isso, Laura me diz que está em busca de algo rápido. Então eu afirmo que a Hipnose NÃO funciona para clientes que não estão comprometidos com seus resultados.

mulherNa minha visão (E deixo claro isso), a Hipnose é uma ferramenta terapêutica incrível e pode mesmo trazer resultados maravilhosos mas, como todas as ferramentas, deve ser utilizada com precisão e mestria, pois, quando usada de qualquer maneira, ela pode trazer consequências no futuro e tudo que não queremos é tampar a ferida hoje e, amanhã quando tirar o penso, descobrirmos que a ferida se tornou algo mais profundo, por falta de cuidados.

Arrisco a dizer que não podemos anestesias o problema apenas para aliviar o sofrimento de alguém hoje e, quando o efeito da anestesia passar, a dor ser insuportável, ao ponto de trazer outras feridas e deixar, impresso na mente, traumas.

Eu gosto da maneira que trabalho hoje.
Eu gosto de explicar tudo que vou fazer para meu cliente e amo quando ele compreende que tudo que fazemos é feito sob medida, dentro de um método flexível onde podemos até mudar as peças de lugar mas, jamais, alterarmos o resultado final. E este resultado deve ser extraordinário. Além de ajudá-lo a resolver seus problemas emocionais ele deve aprender a usar sua mente.

Quando inicio qualquer tratamento, minha meta final é que o meu cliente compreenda que o poder está com ele.

Ele sempre sai do meu consultório compreendendo que a mesma mente que criou o problema gerou a solução!

Hipnose é apenas um caminho… Um lindo caminho para nos conhecermos.

assinatura-3

Share

[Podcast] Aprenda a dizer não

assinatura-3

Sou Coach, Manager e Hipnoterapeuta com Certificação Internacional pela The Milton H. Erickson Foundation Phoenix – Teaching Division – The Institute For Traumas Release Therapy And Global Institute For Trauma Resolution Accredited By The American Board of Hypnotherapy.

Master Practitioner por The Society Of Neuro Linguistc Programming EUA por Richard Bandler;

Coaching Clinic pela Corporate Coach U; Mindfulness and Trance com Stephen Gilligan e X – Change: Walking in Both Worlds com Stephen Gilligan e Bernd Isert pelo Metaforum Internacional.

Co-fundador da Terapias.Clinic® com sede no Funchal – ilha da Madeira, Sócio-Diretor da empresa Precious Minutes – Formação Profissional, Lda que possui como marcas principais a Plataforma de Ensino a Distância IFO, a Plataforma de Áudio Terapia e a escola Certamente.pt

CEO da Agência de Negócios Diálogos e Palestras que atua em Portugal, França e Itália.

Share