quarta-feira, janeiro 23, 2019
artigos 2019

Faça, fazendo

73views

“Não espere pelo melhor momento para fazer. A vida me ensinou a fazer fazendo e ter a paciência para continuar fazendo e ver com tranquilidade tudo tomando forma”

Com certeza se você assistiu às minhas lives terapêuticas em 2018 ou assistiu uma das minhas palestras sabe que falei muito sobre fazer fazendo e este é um dos temas que não me canso de falar, pois sempre tenho alguém diante de mim questionando qual o melhor momento para iniciar, avançar, fazer acontecer.

Esta semana tive com uma cliente (Coaching) que me dizia que tinha o desejo de expandir o seu negócio, mas achava que era melhor esperar 1 ano e quando perguntei o porquê disso, ela me disse tudo e não disse nada, ou seja ela construiu uma série de justificativas para se convencer de que deveria esperar o melhor momento para iniciar aquela expansão e claro que não sou a melhor pessoa para incentivá-la, pois não entendo “daquele” mercado, mas a questão é que já vi milhares de casos idênticos em que as pessoas estão esperando pelo momento certo para dar o próximo passo.

“Dieta? Melhor mesmo é iniciar na segunda-feira”. “Vou me inscrever no ginásio assim que eu puder pagar um PT exclusivo.”, “Vou pedi-la em casamento no dia em que eu puder comprar uma casa, mobiliar e ter dinheiro para viver 5 anos e aí vamos esperando ter as condições que nós “achamos” apropriadas para sermos mais felizes!”… e será que a vida também espera? O mundo pára para ajustarmos a nossa insegurança?

Faça, fazendo! Não precisa dar um enorme passo ou tomar uma decisão do tamanho do mundo, mas continue, vá fazendo, vá resolvendo, vá se jogando e se tiver medo, respire fundo e vá com medo mesmo, pois o que pode eliminar o seu medo sem nenhuma dúvida é a segurança e ela só vem aos poucos. Um passo e sente e outro passo e perceba, sinta, avance mais um pouco e se tiver dúvidas maiores contrate um especialista, um coach, um psicólogo ou aprenda com quem já fez aquilo que deseja fazer.

O importante é ter a consciência de ir fazendo e “no” caminho vão surgindo as condições necessárias para continuar. “E Eric, e se não surgirem?” Então, você ganha força com toda a experiência que está tendo e construa as condições e ponto final! Vai ser feliz.

Share

Comente

comments