Decepcionado! E agora, o que faço? – 206/365

Estes dias eu me deparei com uma situação muito pessoal e verbalizei em voz alta apenas para mim, dentro do meu consultório: “Que decepção!” E imediatamente abri bem os olhos e sorri! A minha voz interna disse: “Nada disso! Não podemos nos decepcionar com alguém que só teve o poder que teve porque eu o entreguei.”

Este pensamento que logo se transformou em uma profunda reflexão me ajudou a entender algumas coisas e por isso vira agora uma dica terapêutica, especialmente para você leitor que às vezes se decepciona com alguém e fica ali com uma mágoa desnecessária, sentindo-se mal e às vezes até “contaminando” outros setores da sua vida!

Nos decepcionamos, quando colocamos em uma situação muita expectativa e este excesso quando não correspondido gera uma frustração e nos sentimos decepcionados. Eu lembro de ter uma época da minha vida em o que tudo que fazia colocava demasiada expectativa! Foi assim em um namoro, em um trabalho, em amizades e até em festinhas que organizava com amigos.

Quando corria tudo bem, me sentia um verdadeiro herói, mas quando as coisas davam errado, me sentia o pior dos vilões e algumas vezes meu único desejo era desaparecer ou ficar no quarto dormindo! Já fugia da realidade e naquela época nem sabia o que estava fazendo.

Depois disso passei anos e anos sem construir expectativas então, aprendi que não existe “deu certo” ou “deu errado”, tudo no final é um resultado e às vezes algumas coisas precisam ganhar tempo para se revelar e nos dizer o que significa em nossa vida e há poucos dias me distrai e criei uma expectativa gigante em cima de uma situação que me gerou frustração, daí de pensar: “Que decepção!”

Okok somos feitos de carne e osso e temos emoções diante dos fatos, porém não posso apontar dedos, nem dizer que a culpa é de a ou b! Nãoooo…. Não existe culpa, existe responsabilidade e elas são 100% minhas. Foram as minhas escolhas, a minha entrega de “poder”, a minha fé.

Então, pense um pouco antes de acusar tudo e todos, antes de se trancar no quarto e chorar baldes de lágrimas ou buscar conforto em um copo qualquer! Sejamos práticos e francos conosco – É o que é! Se tivesse dado certo, seria um herói, ok? Agora és um vilão? Rsss! Por favor, nãoooo! Continua sendo a mesma pessoa que talvez e só talvez tenha que reavaliar alguns pontos e fazer alguns ajustes e nada mais.

Eu (ERIC) tenho a crença que o Universo é Deus e Deus é o Universo e tudo isso é sabedoria, sincronicidade, energia e ela não dá volta, não da nó, ela circula na sua mais perfeita perfeição e somos nós (humanos) que sentimos que estamos sendo injustiçados ou que estamos sendo alvos disso ou daquilo!

Querido, querida, acorda pra vida! Toma uma respiração e se não for o suficiente, toma 2, 3 10 e siga a sua vida, assumindo a responsabilidade sobre as suas atitudes e abandone o discurso de decepção porque….

Justificativas não vão te ajudar a consertar nada, consciência sim!

Share

1287total visits,2visits today

Comments

comments