Caretas e momentos felizes – 211/365

Pelas fotos percebe que gostamos de fazer algumas caretas, né? (Risos) Interessante é que sempre fomos assim durante todos estes anos…. Sempre houve imensa diversão em nossas viagens e este pouco mais de 1 ano que estive longe da minha Paula, realmente me custou imenso e hoje quero apenas falar um pouco sobre relacionamento, caretas, diversão e pessoas chatas!
Estávamos vindo de Madrid para Lisboa no início deste mês e naquelas esteiras do aeroporto brincando de tirar foto e um casal mal educado passou reclamando e ela nitidamente disse baixinho: “Isso é lugar para brincar?” E naquele momento estávamos fazendo estas caretas das fotos, brincando e claro que poderíamos estar ali atrapalhando a passagem ou algo assim, mas “com licença” seria mais educado. Porém, sempre penso que pessoas (mal) amadas são sempre assim grossas! (Que coisa feia, né? Eu julgando), ok!

Posso até estar julgando aquele casal, mas já observou que muitos casamentos e “até” namoros com o tempo vão perdendo o encanto e o mau humor vai tomando conta da relação? 18 Anos de consultório já me deu uma visão muito clara de centenas de pessoas que reclamam que a vida a dois está mal, mas culpar o parceiro ou parceira é mais fácil do que assumir a sua parcela de responsabilidade e se perceber nem estou usando a palavra (culpa), mas responsabilidade.

Eu sou um eterno brincalhão e tenho os meus momentos de mau humor também, mas prefiro acreditar dia após dia que o meu lado criança está na maioria das vezes MESMO no controlo, pois já faz muitos anos que decidi não levar a vida tão a sério e pode apostar que a maioria das vezes que a levei tão a sério, eu realmente me magoei, me chateei e a vida ficou um pouquinho sem graça, sem sabor.

Atenção que não estou aqui levantando a placa de “esqueçamos o mundo e vamos amar loucamente em uma cabana na beira da praia”, apesar de às vezes a minha vontade ser esta (Ainda mais com a esposa que tenho), mas quero levar sim a placa do “olhe para a sua relação”, esqueça as pessoas chatas que não entendem o que é ser verdadeiramente feliz e volte a ter aquele brilho nos olhos! Faça careta para as fotografias, arranje tempo para se divertir, beije na boca como no início da relação e permita-se ser feliz de verdade.

Compramos a “falsa” ideia de ter e ter e cada vez mais ter e não sei se isso de alguma maneira não nos roubou um pouco de tempo, sabia?! Passamos muitas horas a trabalhar, a ganhar dinheiro para ter mais conforto ou para (acumular) mais coisas e aos poucos ganhamos coisas e esvaziamos o coração. Ok, ok respeito as pessoas que acham que estou falando besteira aqui e até compreendo os que vivem na eufórica corrida do “eu preciso provar para o mundo que….” Porém, há algum tempo eu saí desta corrida de estar em primeiro lugar (Foi a melhor coisa que fiz) e nos últimos meses abandonei definitivamente a corrida do “eu preciso mostrar ao mundo….” (Mesmo que abandonei).

Hoje a minha meta é atender os meus clientes, dar as minhas formações e escrever os meus livros… (Indo para o 4º Livro) e você? Como olha para as suas relações? Namora ou esta casado há muito tempo? Pode não ser como no início, podem ter vindo os filhos, pode ter tido crises financeiras, o corpo de ambos pode já não ser mais o mesmo, mas às vezes aquela rosa que está no jardim não precisa de muita coisa para dar novamente o seu mais lindo botão, exalar o seu mais raro perfume, ela só precisa de ser cuidada.

Troca a rosa? Mudar de lugar? Abandoná-la? Dizer que existem outras flores melhores? Claro que as pessoas podem falar o que quiserem, podem construir a desculpa que melhor servir para “justificar” para as pessoas, mas lá no fundo a felicidade (Na Minha Opinião) é construída. Eu aprendi isso principalmente neste tempo que fiquei longe da Paula e confesso que este reencontro foi mesmo mágico e me encheu de felicidade. Eu aqui hoje escrevendo, confesso que me sinto inspirado, me sinto cheio, me sinto envolvido por algo muitoooo maior que palavras.
Olhe por favor para a sua vida e por alguns minutos junto comigo aqui esqueça a sua melhor desculpa e encontre a sua maior motivação! Permita que a sua mente o leve para o beijo perfeito, para aquele abraço aconchegante, para aquela noite de amor que realmente fez você perder o fôlego e se conseguir sentir de novo tudo isso, se a sua mente conseguir se lembrar de como foi, com certeza ela pode lembrar de outros tantos momentos que o motivaram em algum momento a dizer “sim”.

É engraçado quando estamos muito felizes, né? Porque queremos que todas as pessoas também sintam esta mesma sensação, que elas percebam esta mesma importância, que elas possam compreender este mesmo amor.

Talvez vá encontrar pessoas pelo seu caminho que vão rir dos seus momentos felizes, quem sabe outras pessoas chatas vão até se incomodar e pode ter um ou outro que sinta aquela (inveja), por estar sendo mal amado e está tudo certo… Lembre-se de uma dica mais do que valiosa – Muito, muito valiosa: “Importante é a sua felicidade! Importante mesmo são os momentos que vocês juntos vão acumular, são as gargalhadas que vão dar e as horas e horas de conversa que vão ter…. Seja um acumulador de momentos agradáveis, de momentos felizes!”

A vida nem sempre é fácil e eu sei disso. A vida nem sempre nos dá exatamente aquilo que desejamos a todo o tempo e está aí outro GRANDE motivo para amarmos a pessoa certa, pois muitas vezes nestes momentos menos bons estar com a pessoa (certa) pode fazer “a” diferença da diferença, pois tem flores que nascem, crescem e morrem muito rápido, mas existem flores que são capazes de sempre estar dando flor, sempre estar soltando seu aroma, sempre estar ali quando a terra está fofinha ou molhada e quando está seca e sem cuidados.

Quando comecei a escrever esta dica terapêutica apenas uma coisa passava em minha mente… Como sou feliz por ter a oportunidade de errar e poder ser humilde em consertar! Como sou feliz em sentir falta e dizer que sinto falta, como sou feliz pela oportunidade de amar e ser amado…. Mesmo feliz!

Então, que tal se juntar a mim e a milhares de pessoas que aprenderam (Por amor ou pela dor) que o amor é mesmo o mais importante desta vida?

Deixarei aqui um vídeo de uma música que gosto muito e talvez e só talvez possa traduzir melhor tudo que estou falando:

Desejo que o seu coração seja preenchido pelo mais puro e lindo amor.

Share

70total visits,3visits today

Comments

comments